quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Oficial do Rio Branco


 



https://portal.uneb.br/noticias/2018/11/19/docente-da-uneb-lanca-novo-livro-e-recebe-ordem-de-rio-branco-por-divulgacao-da-cultura-brasileira-no-canada/


A professora Licia Soares de Souza, docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural (Pós-Crítica), do Campus II da UNEB, em Alagoinhas, recebeu no último dia 31, no Consulado do Brasil em Montreal (Canadá), a insígnia da Ordem de Rio Branco, grau de Oficial. A condecoração é atribuída, entre outros, a professores e pesquisadores que se destacaram no exterior divulgando a cultura brasileira.
Licia Soares é a primeira docente baiana a receber a insígnia. Homenagem ao patrono da diplomacia brasileira, José Maria da Silva Paranhos Júnior, o barão do Rio Branco, a Ordem foi instituída em 1963 pelo presidente João Goulart com o objetivo de estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção.
Participaram da cerimônia no consulado professores e amigos da Universidade do Quebec em Montreal (UQAM), onde a homenageada fez seu doutorado e atualmente é professora associada. Foi na UQAM que Licia Soares e o professor emérito Bernard Andrès criaram o Centro de Estudos sobre o Brasil, único no Canadá, que funcionou de 2001 a 2014.
A docente salientou a importância da UNEB na sua carreira internacional: “Sempre recebi o apoio da Universidade do Estado da Bahia tanto para fazer meu doutorado como, em seguida, meu pós-doutorado aqui no Canadá e na Alemanha, onde pude desenvolver pesquisas, ao mesmo tempo em que participava de eventos nos quais divulgava a cultura baiana e brasileira”.
Recentemente, Licia organizou uma série de colóquios no Quebec, no âmbito da Associação Canadense-Francesa para o Avanço da Ciência, em torno de temáticas relativas a estudos comparados entre o Brasil e a província canadense, proporcionando a vinda de vários professores de universidades brasileiras, de regiões distintas, para interagir com os docente do Quebec.
Licia Soares participou também do Salão do Livro de Montreal, iniciado no dia 14 de novembro, lançando seu novo livro Imaginaires transculturels entre le Canada et le Brésil.
A obra, que traz o selo da Editora Société des Écrivains, reúne vários artigos que a professora apresentou em colóquios no Canadá, Brasil e França. A maioria dos artigos compara textos literários que abordam as representações das rebeliões dos indígenas e mestiços do oeste canadense no século XIX e as representações relativas à Guerra de Canudos, ocorrida na mesma época no sertão baiano.
A edição apresenta ainda textos relacionados ao livro Essa Terra, de Antônio Torres, abordando questões sobre o “desexílio” no Canadá: a necessidade do protagonista se deslocar da terra para onde emigrou em direção a sua terra de origem.
Fotos: Divulgação.
Licia Soares de Souza Web Developer

Nenhum comentário:

Postar um comentário